Etimologia Babalonguense

Publicado: 22/01/2019

Quando se abre uma marca uma das primeiras preocupações é o nome. Muita gente recorre a dicionários, a pessoas mais velhas, aos donos de loja ou até mesmo ao Google. Nós tentamos todos. 

Mas aí é que tá, é complicado pegar um nome que já existe ou prestar homenagem a algum parente que já morreu. Não sei, só sei que nada disso representava a visão que eu e minha irmã tínhamos da Babalong. Foi quando tomei frente dessa etapa da criação e resolvi inventar. Catei uns caracteres chineses de cá, outros de lá, lembrei das gírias de quando era criança e segui por essa busca nostálgica pelas memórias de infância.

No meio do processo fiz a seguinte junção: o caracter de “Ba”, 巴, é o mesmo utilizado para escrever Brasil e Bahia. As nossas duas paixões tinham que estar presentes no nome,  por isso o início “Baba”. Apesar da brasilidade ser uma forte característica da marca, eu também queria que a China estivesse presente no nome de alguma forma, afinal foi lá que o desejo de criar a Baba surgiu. Parti para a pesquisa de novos caracteres chineses e encontrei o de “Long”, 龙, que significa dragão, uma criatura mística e irreverente asiática. Pronto, percebi que tinha encontrado a homenagem perfeita, pois tinha tanto a cara da Baba, quanto da China. A junção de tudo me lembrava do famoso Baba (apelido carinhoso do Esporte Clube Bahia) e do Bubbaloo (meu chiclete predileto). Percebi que tudo que eu mais gostava estava se encaixando perfeitamente e foi por meio de todas essas referências que surgiu o nome Babalong.


Voltar